O que está acontecendo com os revisores?

17 janeiro 2017


Se você que lê/baixa e-books já deve estar acostumada com revisões mal feitas. As pessoas que fazem esse trabalho, principalmente quando é algo feito de fã para fã, geralmente não são especializadas nisso e fazem o melhor que podem. Logo, algum desvio da norma padrão da língua portuguesa pode passar batido, assim como erros de digitação ou na tradução.

Entretanto, esse problema tem migrado para o livro escrito e para trabalhos de revisão feitos por profissionais, o que me faz pensar sobre o que pode estar acontecendo.


Em 2015 fui convidada a participar do Clube do Livro de Ribeirão Preto por uma amiga. Praticamente uma vez ao mês o pessoal se reúne e discute sobre uma obra pré-selecionada. No meu primeiro dia, a obra discutida foi “O lado feio do amor” (Ugly Love), de Colleen Hover. Eu baixei o e-book e encontrei erros grotescos, mas dei um desconto por não ser algo oficial. Entretanto, no dia do Clube, descobri que mesmo as pessoas que tinham comprado a obra impressa se depararam com os mesmos erros. Em determinado momento da história, Tate estava narrando, e do nada o texto se referia a ela como ele (inversão de gêneros). Algumas palavras estavam grafadas erradas, além de problemas na conjugação, tempo verbal, concordância de gênero, entre outros.

Já tinha até me esquecido disso, quando ganhei a edição especial de Crepúsculo no amigo secreto daquele mesmo ano. Eu fui muito fã da saga e não poderia deixar de ler "Vida e Morte". E, para minha surpresa, me deparei com os mesmos erros primários que encontrei na obra Ugly Love. Fiquei muito surpresa ao notar que uma editora do porte da Intrínseca deixasse passar tais erros. Pretendo fazer uma pequena edição assim que eu tiver tempo e enviar para a editora, para que possam melhorar mais o produto deles.

Isso me fez querer fazer um apelo ao mercado editorial. Talvez o trabalho dos revisores esteja sendo subestimado, mas esse profissional é de suma importância para um bom resultado no trabalho da equipe. Ok, temos que respeitar as variações da língua portuguesa, a forma coloquial é uma dessas variações. Porém, obras escritas literárias devem seguir a norma padrão da língua portuguesa. 

E espero muito que as próximas obras que eu ler tenham sido melhores revisadas. 

E você, teve alguma experiência decepcionante com edição? Conta pra gente!



Lady Thaw
É uma sonhadora, amante de livros e literata. Adora cantar, dançar, ler e conversar. Um dia terá um gato preto chamado Plutão.
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Tribo Letras, VERSION: 01 - janeiro/2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo