O que é Fanfic?

21 setembro 2017
Você deveria estar escrevendo!
https://goo.gl/bX7qM8
Se nos finalzinho dos anos 2000 as fanfics viraram mania mundial, hoje em dia, elas já são relativamente conhecidas no público em geral, ou ao menos, dos geeks, nerds, ou qualquer um que tenha internet e já teve contato com fãs de alguma coisa. A publicação do romance 50 tons de cinza, pelo bem e pelo mal, popularizou o termo ainda mais, sendo ele uma fanfic de Crepúsculo. Apesar das fanfictions estarem por aí e todo mundo saber o que é, muita gente que não lê ou escreve simplesmente não entende o mundo fanfiction, acham que qualquer texto erótico ou até textão do facebook são fanfics.
Estou aqui para esclarecer de uma vez por todas, o que é fanfic. Agora, com a mente aberta e sem preconceitos, vamos lá!


Alana Campanha
Há milênios perdida nesta Terra, sobrevive de histórias feitas por seus habitantes. Ama escrever, criar tramas surreais e se aventurar pela literatura. Apaixonada por Doctor Who, sonha em viajar por esse mundo um dia desses.





Para a Justiça, homossexualidade é doença

18 setembro 2017

“A Justiça Federal do Distrito Federal permitiu, em caráter liminar, que psicólogos possam tratar gays e lésbicas como doentes e possam fazer terapias de “reversão sexual” sem sofrer nenhum tipo de censura por parte do Conselho Federal de Psicologia (CFP). Esse tipo de tratamento é proibido por meio de uma resolução editada pelo CFP em 1999, já que desde 1990 a homossexualidade deixou de ser considerada doença pela Organização Mundial da Saúde. O CFP vai recorrer às instâncias superiores.” Via: https://goo.gl/h9GnfB

Você não leu errado: A Justiça Federal agora permite tratar a homossexualidade como doença. A homossexualidade, bissexualidade, pansexualidade, são orientações humanas naturais, comportamentos também partilhados pela maioria das espécies. E se para a ciência já não há mais discussões quanto à naturalidade desses comportamentos, o tal moralismo crescente dos últimos anos, ignora a Ciência e prega em nome de uma moral fundamentada em opiniões e pensamentos de origem religiosa, mesmo que estejamos, supostamente, em um estado laico.
E mesmo assim, a Justiça Federal sabe que já não pode mais utilizar o caráter moral para pregar leis antiéticas, então, é comum eles rodearem suas verdadeiras motivações. A homossexualidade é provavelmente congênita ou genética, ou seja, não há como “curar” ou reorientar a sexualidade de alguém. Não que isso importe, pois ultimamente nenhuma instância do governo realmente leva o que ciência diz em conta. Agora psicólogos e psiquiatras poderão promover aos seus pacientes a “reorientação” sexual e estudos a respeito disso. Qualquer um pode fazer os estudos que quiser, há até mesmo estudos sobre Terra Plana hoje em dia, mas promover o mito da reorientação é simplesmente cruel, não somente por ser impossível, mas por destruir vidas inteiras.
Há pessoas que genuinamente querer se reorientar, pois acham que seus comportamentos românticos e/ou sexuais são errado, que elas vão para o inferno, pessoas sem entendimento ou que simplesmente não conseguem resistir à opressão. E mesmo quando vão a clínicas em países que os permitem, de duas, uma: pessoas bissexuais se forçam a somente práticas “heterossexuais”; ou, homossexuais desistem de ter qualquer tipo de relação romântica e/ou sexual com alguém (em alguns casos, até formam casamentos de fachada, porém a atração não muda). Essas “curas” e “reorientações” em países em que são permitidos, já renderam torturas, abusos, estupros e em pacientes “curados”, depressão e em alguns casos, suicídio.  
Homossexuais podem formar relações de fachada, casar-se com o sexo oposto, mas a atração não muda. É impossível. E não há motivos para tentar fazer isso a não ser por razões mesquinhas retiradas de livros religiosos que a justiça federal nem deveria levar em conta. Mas, quem queremos enganar? A ciência não importa, nem o amor humano.


Alana Campanha
Há milênios perdida nesta Terra, sobrevive de histórias feitas por seus habitantes. Ama escrever, criar tramas surreais e se aventurar pela literatura. Apaixonada por Doctor Who, sonha em viajar por esse mundo um dia desses.





Black Butler (Kuroshitsuji) ou: o Lado Adulto dos Animes!

Anime (título original)Kuroshitsuji 黒執事
Gênero: Fantasia, Ficção Histórica, Sobrenatural, Humor Negro.
Episódios: 2 temporadas (24 episódios cada)
Sinopse: Ciel Phantomhive é um jovem de apenas 12 anos de idade que pertencente a uma das mais nobres famílias da Inglaterra. Sebastian é um impecável mordomo que pode realizar praticamente qualquer tarefa que seu mestre ordene. Depois de perder tudo, Ciel faz um contrato com Sebastian, e juntamente com seus outros servos, trabalham para desvendar quem está por trás do assassinato dos pais de Ciel.
Aviso: Faz muito tempo em que vi este anime, ou seja, posso ter me equivocado em algumas informações. E o texto trata de assuntos sensíveis, então cuidado!

Alana Campanha
Há milênios perdida nesta Terra, sobrevive de histórias feitas por seus habitantes. Ama escrever, criar tramas surreais e se aventurar pela literatura. Apaixonada por Doctor Who, sonha em viajar por esse mundo um dia desses.





Qual a origem da Força do Saitama?

13 setembro 2017

Ninguém imaginaria que um careca desempregado e cheio de tédio seria considerado um dos personagens mais poderosos dos animes, pois além de conseguir conquistar o público com sua personalidade e falhas, ele também demonstra uma força praticamente infinita. E isso, meus caros, foi só o início de uma onda de posts, blogs, canais do Youtube, fóruns decidirem que seria muito divertido imaginar Saitama lutando contra qualquer personagem na ficção, desde Goku até o Pica-Pau. De qualquer maneira, se os “poderes” dele ganharam holofote, ninguém sabe ainda como ele os ganhou.
Aparentemente, Saitama conseguiu sua força fazendo um treinamento diário por três anos. Mas é claro que a internet não acreditou na ladainha e muita gente ainda teoriza sobre o segredo da origem da força de Saitama. Resolvi ler algumas e até criar por cima, então vamos lá investigar o que Saitama não quer que você saiba.
Você ainda não assistiu!? Corre e aproveita os 13 episódios de um dos melhores e mais originais animes da atualidade, leia aqui sobre One Punch Man sem spoilers e acelera que a segunda temporada está próxima!
Agora, a chuva de spoilers vai começar, CUIDADO!


Alana Campanha
Há milênios perdida nesta Terra, sobrevive de histórias feitas por seus habitantes. Ama escrever, criar tramas surreais e se aventurar pela literatura. Apaixonada por Doctor Who, sonha em viajar por esse mundo um dia desses.





Quem pode fazer intercâmbio de Au Pair?

08 setembro 2017
https://goo.gl/gMWDTn
Eu falei um pouco sobre Au Pair nesse post, e não me aprofundei em todos os detalhes, porque daria um livro. Então vamos aos pouquinhos e você pode ir conhecendo esse intercâmbio e decidindo que quer ele em sua vida.

Thaw, qualquer pessoa pode ser Au Pair?

Mais ou menos. O programa tem vários pré-requisitos e mesmo dentro desses pré-requisitos a família pode ter algum pré-requisito próprio, como querer que a Au Pair saiba nadar bem ou goste de música. Mas os básicos mesmo são:

Lady Thaw
É uma sonhadora, amante de livros e literata. Adora cantar, dançar, ler e conversar. Um dia terá um gato preto chamado Plutão.
 
© Tribo Letras, VERSION: 01 - janeiro/2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo